Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 25

Tópico: Comentários sobre equipamentos depois de uma viagem de mais de 9000km

  1. #1
    Piloto Nível 1 Avatar de Strat
    Data de Ingresso
    Nov 2013
    Nome Real
    Marcelo F S
    Localização
    Rio Claro-SP
    Moto
    BMW - R1200GS LC
    Posts
    60
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    5

    Comentários sobre equipamentos depois de uma viagem de mais de 9000km

    Pessoal acabei de voltar de viagem e gostaria de fazer uma listagem daquilo que quebrou e o que valeu a pena dos equipamentos que eu levei e os outros levaram para que os futuros aventureiros saibam o que pode acontecer e estejam mais bem preparados Pedindo desculpas pelo tamanho do email.

    Para começar acho que além da 800GS que aguentou de tudo, apenas dois equipamentos merecem nota 10 com louvor

    Nota 10 - Jaqueta Alpine Stars Cape Town - aguentou de tudo, frio, calor, chuva, tempestade de areia, lama, nota 10 sem nenhuma observação em contrário, comprei pela proposta de versatilidade e realmente foi demais

    Nota 10 - SPOT Messenger, Imprescindível funcionou sem nenhuma falha, deserto, duna, meio do nada, independe de sinal de celular ou wifi já que funciona pelo sistema de GPS Globalsat enviando uma mensagem pre programada de Check-OK, dava uma tranquilidade para a familia mostrando onde estavamos e que estava tudo ok

    E só, agora outras coisas que merecem algumas observações....

    Luva waterproof Alpine Stars DS1 - aguentou bem 30 minutos de chuva no início do retão do Chaco (resistência - Salta) depois encharcou como um pano de chão, na minha opinião, se for para molhar, que molhe a luva para seco que pelo menos tem proteções em caso de quebra (as luvas de chuva não tem proteção nenhuma)

    Calça Texx Waterproof - durante os 700km de chuva no retão do Chaco (dos 817km total) encharcou tudo depois de umas 2 horas, aguentou bem até a metade da viagem e daí começou a abrir o bico, as costuras visivelmente começaram a abrir até o ponto que a lapela que cobre o ziper na frente rasgou, daí qualquer chuva mais insistente entrava pela frente (isso, bem no bilau kkkk), pois a agua que escorria da jaqueta entrava por lá e molhava tudo e chegava até a sola da bota (que beleza!!).

    Camera SJ4000 - fixada no capacete com fita dupla face, a fixação aguentou até San Pedro do Atacama quando identifiquei que tinha começado entrar agua + terra e contaminar a fita dupla face, fui obrigado a tirar com medo de cair do nada, usei um suporte no guidão (sabemos que não fica bom por causa da vibração, mas não tinha muita opção), até que chegamos em antofagasta onde encontrei fita dupla face de adesivo forte resistente a agua (originalmente feito para pendurar coisas no banheiro) funcionou legal.
    A caixa estanque da SJ4000 quebrou o vidro pela diferença de pressão atmosférica chegamos próximos de 5000m de altitude Jama/Agua Negra, trincou a lente mas não prejudicou a imagem, continuei filmando, porém 1 das baterias (a original que veio na camera) morreu, não carregava mais, continuei com a reserva mas a camera (talvez pela vibração) apresentou alguns problemas, o botão up (UP/DOWN) na lateral afundou e não funcionava mais apesar do inconveniente continuei a filmar, mas daí outro problema... :/ a bateria tem 3 polos um dos polos ficou amassado e verifiquei que os 3 pinos que fazem contato com a bateria localizados no fundo do compartimento da bateria estava torto, foi decretada a morte da camera com estes dois problemas, desmontei e percebi que os dois estavam quebrados. Pelo menos consegui filmar bastante. Mas saibam que é um item descartável e não aguenta uma viagem deste tipo.

    Pinlock - fomos em 3 motos com viseiras com pinlock, nenhum prestou e 2 de nós jogamos fora aquela merda. O primeiro foi eu. Na primeira chuva o que aconteceu foi que a agua entrou entre a viseira e o pinlock ficando impossível de limpar e imagina pilotar nessas condições a visão de um peixe no aquário! lembrando que todo o cuidado foi tomado para selar o silicone para que isso não acontecesse, porém a força do vento ao rodar com a viseira aberta ou entre aberta força a entrada de Ar ou Ar+agua.

    Bolha Motobolhas Elvis modelo Adventure com o defletor original instalado- eu dou uma nota 9,5 protegeu muito bem de tudo só não recebeu 10 pois na chuva um pouco de vento na cara acaba sendo importante para ajudar a limpar a viseira, isso me obrigava a levantar de tempos em tempos ou colocar a cabeça para o lado para que o fluxo de ar limpasse as gotas de agua.

    2a Pele Xtreme - funciona bem, prove um bom conforto térmico seja no calor ou no frio, percebi que 2a pele mais leve funciona melhor, eu comprei uma 2a pele lupo no meio da viagem que proporcionou um comforto ainda melhor.

    Pneus originais Pirelli Scorpion, não gostei, enquanto novos eles vão muito bem na estrada porém quando desgastam o traseiro fica muito quadrado e o dianteiro é notoria a perda de capacidade de grip em piso molhado, troquei os 2 por Michelin Anakee III um pneu que ganha em tudo do Pirelli em todas as condições! Seco, Molhado, Areia, Lama, Arranque, frenagem, estabilidade..tudo. Apesar do preço mais salgado, vale muito a pena (o pneu faz um pouco de barulho, bem baixo não me incomodou em nada).

    Tanque de gasolina, durante a viagem tivemos que usar no mínimo 3 vezes usamos aqueles sem vergonha de 5L do Inmetro (não presta) - Nota 2, vaza, impossível colocar sem utilizar mangueira, utilizamos um Copel comprado no Chile (quebra bem o galho e já vem com bico) compramos 3, 1 deles chegava a vazar ou outros 2 funcionaram bem, dou nota 8 para eles e um dos amigos tinha um "No-Spill", este último é caro mas eu digo que foi o único que funcionou sem dar trabalho nenhum, sem vazar, sem cheiro, fácil de colocar gasolina, enfim...vale a pena comprar ele!

    Spray para furos de pneu, funciona e muito bem! outro item imprescindível.
    Slime, aquela gosma verde quando o pneu traseiro acabou depois do agua negra ele furou a + de 120km/h eu acredito que ele não permitiu que o pneu baixasse imediatamente dando tempo de perceber e encostar a moto, utilizei o Spray e consegui chegar até uma Gomeria (borracharia). depois o pneu dianteiro furou a 30km de chegar em casa (este assustou pois estava voando para chegar em casa!) usei o spray e o pneu esta cheio até agora 2 semanas depois.

    Chain lubricant Castrol ou Motul, ótimos o Castrol me pareceu melhor que o motul, o castrol nunca achei aqui no brasil, facilmente encontrado na Argentina e Chile

    Kit OUTEX para eliminar a camara - eu dou nota 10 nosso amigo do fórum que foi conosco não teve problema algum com pneus, usou o Scorpion até o fim do pneu traseiro e ainda assim veio bem, se for para fazer uma próxima viagem vou providenciar a instalação para eliminar minha camera, o único cuidado foi quando ele trocou o pneu traseiro tem que tomar cuidado com as espátulas para não danificar a fita adesiva que veda as cabeças dos raios. Enfim, vale muito a pena!

    Malas de tanque Gift - tamanho correto, foi super útil, aguentou bem as chuvas, porém tem uma falha grave; a capa de chuva previne que a chuva entre por cima, porém por baixo a água infiltra entre pelo ziper que é bem grande e chegando ao fundo de nylon da bolsa, chega a umidecer tudo que tem dentro, como eu embalei tudo com Ziplock não tive problemas, mas não dá para confiar que com a capa voce estara tranquilo.

    Side Cases Motopoint - Nota 10, bem robusta e praticidade excelente com as bolsas internas, chegar no destino, abrir o case e só puxar a bolsa impermeável, com toda a chuva que pegamos não entrou nada de agua e mais, no primeiro dia o burrão aqui esqueceu da "largura" da moto e atropelou um quadrado daqueles grandes no corredor de motos do pedágio a caminho de Bauru, mandou o quadrado para longe por sorte não caí, o case ficou torto e amassado mas bem firme no lugar, quando chegamos na argentina, quando descansamos 1 dia consegui desamassar ele inteiro voltando quase ao estado original!! indestrutível o negócio! excelente. Enquanto isto nosso amigo de 1200 apenas tombou a moto dele com o case original BMW amassou e emperrou o sistema variosize. Enfim...leve um case de alumínio e seja feliz!

    Banco Pedrinho - Nota 10 tornou a viagem possível a sua bunda agradece .

    Cruise control Motopoint - Ajudou bem nos trechos de retas intermináveis e quando queria mudar de posição, relaxar o braço, não digo que seja imprescindível não, mas não atrapalhou.

    Top Case Givi Monokey V46L - Nota 10, muito firme utilizei 100% do tempo nem tirei nos offs e não deu nenhum trabalho, cabem 2 cabacetes e tralha pra cacete!, no meu eu instalei grelha em cima mas nem precisei utilizar

    Ah ja ia me esquecendo, comunicador BT six riders: Nota 8, funcionou muito bem posso dizer que o equipamento é imprescindível para a segurança do grupo também, minha reclamação quando ao BT 6riders é quanto a fixação, é frágil, quebra muito fácil, depois de quebrar eu colei com fita dupla face, que grudou bem até uma chuva muito forte que pegamos onde começou a descolar novamente necessitando, remoção, limpeza e nova aplicação da fita duplaface, e assim foi até o fim da aventura, vale sempre avaliar o estado da fixação

    Novamente, desculpe pelo tamanho do texto mas queria compartilhar antes que eu esquecesse mais coisas ainda .

    Grande abraço!

    Marcelo Strat
    Última edição por Strat; 16-02-2015 às 20:24. Razão: Acrescidos alguns itens utilizados.
    Monark 50/Calor Mobilette 50/ Honda CG125/ Suzuki GS500/Yamaha Fazer/ Honda Hornet/ BMW F800GS

  2. #2
    Piloto Nível 5
    Avatar de Crodao
    Data de Ingresso
    Jan 2013
    Nome Real
    Cláudio Ferreira
    Localização
    Santana de Parnaiba
    Moto
    GS1200 Adv Branca
    Posts
    2.265
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    9
    Boa MArcelo, excelentes dicas, o único comentário que faço é com relação aos pneus. As longas retas do Chaco, com piso abrasivo, normalmente muito quente, não têm como não deixar o pneu quadrado.

    A solução é não pegar o Chaco kkkkkkkkk. Falando sério e desculpe o Off-Topic, mas quem for pegar o Chaco, vá só até Saenz Penha, depois saia por Santiago del Estero, Thermas de Rio Hondo, Tafi del Valle e Cafayate. Aumenta 400km mas não dá nem pra comparar. O Chaco é um "nada" que deixa os pneus quadrados. Tafi del Valle e Cafayate são lugares de tirar o fôlego. As paisagens são divinas, a estrada é maravilhosa. Vale à pena rodar esses 400 km, e de quebra ainda preserva o pneu, principalmente o traseiro.
    Valeu, abc
    R1200GS Adv e XT660
    Atacama 2010, Puerto Varas 2011, Machu Picchu 2012, Bolívia 2014, Pisco Elqui 2015, Patagonia 2016

  3. #3
    Piloto Nível 1 Avatar de Strat
    Data de Ingresso
    Nov 2013
    Nome Real
    Marcelo F S
    Localização
    Rio Claro-SP
    Moto
    BMW - R1200GS LC
    Posts
    60
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    5
    Concordo Crodao e sugiro aos demais a mesma coisa, a idéia inicial era a de fazer este roteiro que você indicou mas tivemos que sacrificar pois incluímos a Bahia Inglesa e o Passo Àgua Negra daí precisamos "encurtar" outras partes, quanto ao pneu uma das motos estava já estava com o Anakee III desde que partimos, andamos a mesma distância e rodamos com as mesmas calibrações e posso afirmar que ele não fica quadrado na mesma proporção, acaba ficando muito mais suave. Outras 2 motos também com os originais Scorpion gastaram igual, teve um ponto que fiquei fazendo alguns zigzags na pista para acostumar com as "quinas" do perfil gasto do Pirelli Scorpion e mais preparado para uma eventual manobra mais brusca .
    Monark 50/Calor Mobilette 50/ Honda CG125/ Suzuki GS500/Yamaha Fazer/ Honda Hornet/ BMW F800GS

  4. #4
    Piloto Nível 4
    Avatar de MarcioT
    Data de Ingresso
    Feb 2014
    Nome Real
    Marcio
    Localização
    Curitiba
    Moto
    Bmw F800GS
    Posts
    915
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    6
    Citação Postado originalmente por Strat Ver Post
    Concordo Crodao e sugiro aos demais a mesma coisa, a idéia inicial era a de fazer este roteiro que você indicou mas tivemos que sacrificar pois incluímos a Bahia Inglesa e o Passo Àgua Negra daí precisamos "encurtar" outras partes, quanto ao pneu uma das motos estava já estava com o Anakee III desde que partimos, andamos a mesma distância e rodamos com as mesmas calibrações e posso afirmar que ele não fica quadrado na mesma proporção, acaba ficando muito mais suave. Outras 2 motos também com os originais Scorpion gastaram igual, teve um ponto que fiquei fazendo alguns zigzags na pista para acostumar com as "quinas" do perfil gasto do Pirelli Scorpion e mais preparado para uma eventual manobra mais brusca .
    Marcelo, foi solo na moto ou com garupa.
    Vou com garupa, mas vou desviar do chaco, ainda não coloquei pneus novos mas havia pensado no original pirelli scorpion, ate agora rodei 13k na maior parte com garupa e ele esta ainda muito bom. Só vou trocar pois vou rodar uns 8k e não quero ter que trocar no meio da viagem.
    Outra coisa, se puder, gostaria que enviasse por MP o roteiro que vc fez, com dicas de hospedagem e pontos interessantes visitados.
    Abraço

  5. #5
    Piloto Nível 3 Avatar de Reginaldo
    Data de Ingresso
    Mar 2014
    Nome Real
    Reginaldo Martins Pereira Filho
    Localização
    Rio Verde-GO
    Moto
    BMW F800GS
    Posts
    407
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    5
    Strat, excelentes dicas. Uso a cape down e recomendo demais. Acho que sobre a câmera, tem que ser go pro pela diversidade e facilidade de acessórios. Possuo dois galões da Touratech mais não gostei. Deixam vazar gasolina quando iria colocar no tanque da moto.

  6. #6
    Piloto Nível 5
    Avatar de Crodao
    Data de Ingresso
    Jan 2013
    Nome Real
    Cláudio Ferreira
    Localização
    Santana de Parnaiba
    Moto
    GS1200 Adv Branca
    Posts
    2.265
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    9
    Pô que legal Marcelo também fiquei em Bahia Inglesa, depois Paso Água Negra, e de lá fomos para Pisco Elqui, um lugarejo no Chile parecido com San Pedro de Atacama, 30 Km fora Paso Água Negra num roteiro chamado Caminho das Estrelas. Lugar super pitoresco, muitas vinícolas;
    R1200GS Adv e XT660
    Atacama 2010, Puerto Varas 2011, Machu Picchu 2012, Bolívia 2014, Pisco Elqui 2015, Patagonia 2016

  7. #7
    Piloto Nível 1 Avatar de Strat
    Data de Ingresso
    Nov 2013
    Nome Real
    Marcelo F S
    Localização
    Rio Claro-SP
    Moto
    BMW - R1200GS LC
    Posts
    60
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    5
    Citação Postado originalmente por MarcioT Ver Post
    Marcelo, foi solo na moto ou com garupa.
    Vou com garupa, mas vou desviar do chaco, ainda não coloquei pneus novos mas havia pensado no original pirelli scorpion, ate agora rodei 13k na maior parte com garupa e ele esta ainda muito bom. Só vou trocar pois vou rodar uns 8k e não quero ter que trocar no meio da viagem.
    Outra coisa, se puder, gostaria que enviasse por MP o roteiro que vc fez, com dicas de hospedagem e pontos interessantes visitados.
    Abraço
    13k? eu nem pensaria 2 vezes eu trocaria sim antes de sair de viagem. Eu sai com o pneu rodado 5600km e acreditando lendo em foruns que o pneu original duraria até 17~18k eu fui e tomei na cabeça, fui obrigado a trocar o pneu na Argentina o que custa uma facada além de ter tido 2 furos pois o pneu simplesmente acabou depois do andar no rípio e salar de tara, não sei se você vai enfrentar trechos assim mas eu não arriscaria mesmo. Sugiro que voce troque, quando voce voltar voce pode até voltar com o pneu antigo para acabar com ele.
    Monark 50/Calor Mobilette 50/ Honda CG125/ Suzuki GS500/Yamaha Fazer/ Honda Hornet/ BMW F800GS

  8. #8
    Piloto Nível 1 Avatar de Strat
    Data de Ingresso
    Nov 2013
    Nome Real
    Marcelo F S
    Localização
    Rio Claro-SP
    Moto
    BMW - R1200GS LC
    Posts
    60
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    5
    Citação Postado originalmente por Reginaldo Ver Post
    Strat, excelentes dicas. Uso a cape down e recomendo demais. Acho que sobre a câmera, tem que ser go pro pela diversidade e facilidade de acessórios. Possuo dois galões da Touratech mais não gostei. Deixam vazar gasolina quando iria colocar no tanque da moto.
    Eu na próxima irei de gopro, é mais bem acabada e os outros 2 colegas que levaram Gopros usaram e não tiveram problema algum, a SJ4000 tem boa qualidade de imagem e preço imbatível porém é muito frágil e não aguenta a tocada não. Inclusive a caixa estanque que quebrou o visor pela diferença de pressão ao passar pela cordilheira só quebrou a minha, as caixas das GoPros ficaram intactas.
    Monark 50/Calor Mobilette 50/ Honda CG125/ Suzuki GS500/Yamaha Fazer/ Honda Hornet/ BMW F800GS

  9. #9
    Nível GS 2

    Avatar de sal silva
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Nome Real
    The last rebel
    Localização
    Santos
    Moto
    R1200gs LC ADV e NX 350 Sahara
    Posts
    8.722
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    31
    Valeu Marcelo,sempre é bom ler relatos sobre equipamentos.Parece brincadeira,mas nessa ultima viagem levei um galão de desinfetante que achei na rua,e posso te dizer que o bicho guentou a viagem toda,era mucho arresistente,infelizmente tive que joga-lo fora no final da viagem para arrumar espaço rsrs.
    Sal Silva, the real last rebel.

    https://www.youtube.com/watch?v=_uwkiHXwhc8

  10. #10
    Piloto Nível 4
    Avatar de Henri
    Data de Ingresso
    Feb 2013
    Nome Real
    Henrique
    Localização
    Brasília
    Moto
    F800 GS 3Black
    Posts
    630
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    7
    Cordão,
    Acabo de fazer esse percurso no sentido inverso e foi show.
    Peguei frio e chuva em Tafi e temp. amena no chaco. Semanas antes, brasileiros com quem cruzei no Jama tinham pego 43 graus na região de Tucuman.
    Abs,

    image.jpg

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
Sobre o Forum
O forum foi criado em maio de 2012, e se chamava BMW F800GS após um encontro de em Monte Verde MG, o forum começou a se tornar popular.
Completando 01 ano de forum, o forum mudou de nome e se tornou o BMW GS BRASIL devido ao grande numero de usuarios com diversas motos BMW.
Hoje o forum BMW GS BRASIL é o maior forum de BMW do Brasil, temos mais de 4 milhões de acessos, e um conteúdo rico de muita informação!
Seja bem vindo!