Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
Resultados 11 a 15 de 15

Tópico: Oleo lubrificante de motor correto para F800GS

  1. #11
    Piloto Nível 2
    Data de Ingresso
    Nov 2013
    Nome Real
    Rodrigo Paiva de Castro
    Localização
    Vitória/ES
    Moto
    BMW F800R
    Posts
    329
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    6
    Citação Postado originalmente por WalterKaus Ver Post
    Comprei uma 2012 e rodei uns kms com o óleo que estava já que o antigo dono falou que tinha trocado recentemente.
    Notei que a temperatura do motor estava na faixa normal de temperatura.
    Após rodar uns kms resolvi trocar.
    Fui no manual e recomendava as viscosidades 10W40 para temperaturas acima de -20ºC e a 15W40 para temperaturas acima de - 10ºC.
    Aqui no Rio encontrei o Motul 5100 com viscosidade 10W40.
    O filtro de óleo usei o Fram PH6114, que é o indicado e facilmente encomendado no ML.
    Notei que a temperatura do motor agora fica sempre na mínima mesmo quando a ventoinha está ligada (temp ambiente maior que 30ºC).
    No meu ver isto é muito bom pois quanto mais baixa é a temperatura do motor maior será a sua vida útil.
    Vejo em vários lugares a indicação/uso do 15W50, que é mais viscoso nas temperaturas mais altas, o que teoricamente eleva a temperatura do motor. Nas motos mais novas a indicação da viscosidade mudou?
    1o - não é verdade que "quanto mais baixa a temperatura mais dura o motor". O motor é projetado para funcionar num range de temperatura específico, menos ou mais é problema. Por exemplo, enquanto o motor não atinge a temperatura correta ele gasta mais gasolina e o sistema de evaporação dos vapores óleo para a admissão fica fechado. Mas a troca da especificação do óleo para outra tão próxima não vai alterar isso significativamente.

    2o - as motos até 2012 tinham recomendação no manual de óleo 10w40. De 2013 adiante passou para 15 w50 sem que tenha havido qualquer modificação no motor (eu tive uma 2010 e tenho uma 2013). Isso meio que indica que qualquer dos dois dá conta.

  2. #12
    Piloto Nível 1
    Data de Ingresso
    Sep 2016
    Nome Real
    Walter Kauss
    Localização
    Rio de Janeiro
    Moto
    800 GS
    Posts
    4
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    A temperatura do motor fica sempre no mínimo da faixa indicada no painel.

  3. #13
    Nível GS 2

    Avatar de sal silva
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Nome Real
    The last rebel
    Localização
    Santos
    Moto
    R1200gs LC ADV e NX 350 Sahara
    Posts
    8.104
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    30
    Citação Postado originalmente por rodpcastro Ver Post
    1o - não é verdade que "quanto mais baixa a temperatura mais dura o motor". O motor é projetado para funcionar num range de temperatura específico, menos ou mais é problema. Por exemplo, enquanto o motor não atinge a temperatura correta ele gasta mais gasolina e o sistema de evaporação dos vapores óleo para a admissão fica fechado. Mas a troca da especificação do óleo para outra tão próxima não vai alterar isso significativamente.

    2o - as motos até 2012 tinham recomendação no manual de óleo 10w40. De 2013 adiante passou para 15 w50 sem que tenha havido qualquer modificação no motor (eu tive uma 2010 e tenho uma 2013). Isso meio que indica que qualquer dos dois dá conta.
    A mudança que voce citou(especificação do oleo) com certeza dará conta, mas é no mínimo estranho. Nao sou engenheiro(mas ja trabalhei em um Engenho hehe).Gostei do seu comentário e aprendi mais ainda. É fato que nem o calor nem o frio são saudáveis para nossos motores. Nas motos de refrigeração liquida, temos a ventoinha e a tal "cebolinha" que podem controlar um pouco as altas temperaturas que o motor e oleo chegam, mas e as refrigeradas a ar? Acho que estes motores no calor vão sofrer um desgaste maior. Isso é somente um achismo,baseado no pouco que sei.Abrax
    Sal Silva, the real last rebel.

    https://www.youtube.com/watch?v=_uwkiHXwhc8

  4. #14
    Piloto Nível 1
    Data de Ingresso
    May 2017
    Nome Real
    Nelson Simon Junior
    Localização
    Medianeira PR
    Moto
    F700 GS
    Posts
    5
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Tais mitos são perpetuados por motoristas, pessoas comuns e até mesmo, por incrível que pareça, por funcionários de concessionárias e mecânicos!

    Não raro vejo frentistas e mecânicos "orientando" donos de carro a colocar "óleo mais grosso", seja porque acham que o que consta no manual do carro "é fino demais" (isso quando lêem manual, coisa rara) ou porque acham que um carro com mais de uns 80 mil kms "é muito rodado".

    Serão posts longos mas creio ser inevitável para embasar o que estou expondo. Infelizmente não dá pra resumir em 10 ou mesmo 20 linhas. Mas creio ser bastante proveitoso e quem sabe, até poupar uma bela grana de muita gente.

    Para começar, um perfeito exemplo de "site desinformador":

    http://minhaprimeiramoto.blogspot.co...de-carros.html


    Este link até contém algumas informações pertinentes e corretas. Mas o problema são as conclusões do autor, um amontoado de equívocos. Quase tudo escrito por ele está errado.

    A começar pelo desconhecimento do conceito de óleo multi-viscoso com uma interpretação completamente equivocada da recomendação da Honda:

    "Um óleo de viscosidade 5W-30 é preferido para maior economia de combustível e proteção ao longo de todo o ano para seu honda. Você poderá usar um óleo 10W-30 [MAIS VISCOSO] se a temperatura em sua área nunca chegar abaixo de –7°C [SETE GRAUS NEGATIVOS!]"

    O que isto significa:

    5W30 é a escolha preferencial em QUALQUER situação de temperatura ambiente, ao longo do ANO TODO (qualquer estação ou clima)

    10W30 PODE ser usado em QUALQUER temperatura ambiente IGUAL OU ACIMA de -7C

    Contudo, a conclusão do sujeito foi:

    "Moral da estória: Quanto maior a temperatura ambiente, maior a viscosidade recomendada. Sempre foi assim."

    Este é um caso clássico de uma simplista e má interpretação de texto e que ignora completamente o conceito de óleos multi-viscosos, gerando uma conclusão incompleta e simplista, portanto, errônea.

    O correto seria:

    "Moral da história: Quanto MENOR a temperatura ambiente, MENOR a viscosidade recomendada para o valor WINTER (valor ANTES do W)"

    Pra começar, notem que na recomendação da Honda o valor DEPOIS do W (motor na temp. de trabalho) não mudou. Isso é um "detalhe" crucial, mas ignorado pelo tal sujeito. Somente mudou o valor ANTES do W (motor frio na partida).

    Portanto, não dá pra socar os dois números no mesmo saco e soltar a pérola "quanto menor a temperatura ambiente menor a viscosidade recomendada": Simplesmente ignorou-se o conceito de ÓLEO MULTIVISCOSO. Já na minha conclusão, levei este conceito em consideração. E isto muda TUDO.

    Bem, por que o valor depois do não W mudou? Porque, depois de aquecido, seu motor estará SEMPRE na temperatura de trabalho, NÃO INTERESSA SE VC ESTÁ NA SIBÉRIA OU NO SAARA! Se o seu motor trabalha o 97C após devidamente aquecido, ela estará a 97C não importa se temperatura fora dele está a -20C, 0C, 10C ou 50C. Da mesma forma que dentro um forno de padaria estará sempre nos mesmos 200C seja no Brasil ou na Sibéria APÓS AQUECIDO.

    Ora, se a temperatura interna do motor é INDEPENDENTE da temperatura externa após o mesmo ter se aquecido, QUE DIABO DE LÓGICA EXISTE EM FALAR QUE QUANTO MAIOR A TEMPERATURA AMBIENTE MAIS VISCOSO DEVE SER O ÓLEO?????

    Portanto, um óleo 0W30, 5W30 ou 10W30 terá A MESMA VISCOSIDADE com o motor quente, pois os valores APÓS o W seão IGUAIS.

    A única coisa que muda é: um 0W30 será mais fino que um 5W30 apenas na PARTIDA A FRIO, e este por sua vez será mais fino que um 10W30 apenas na PARTIDA A FRIO. Obviamente, quanto mais frio estiver, mais fino deverá ser este óleo NA PARTIDA, e foi isso que a recomendação da Honda disse ao recomendar 5W30 ao invés de 10W30 caso na sua região as temperaturas fiquem abaixo de -7C.

    Outra bobagem:

    Exageros ao dizer que "óleos mais finos são consumidos muito mais rapidamente". Isso só aconteceria se o seu motor estiver muito desgastado (com muita folga) ou já estiver queimando óleo. Meu Accord só usava 10W30 nos primeiros 80 mil kms e troquei para 5W30 e agora 0W20 já fazem quase 20 mil kms e o consumo de óleo DIMINUIU, exatamente o CONTRÁRIO do que ele diz. Antes o motor consumia quase 1 litro ao chegar nos 5 mil kms, agora com o 0W20 aos 5 mil o consumo mal chega a uns 300 ml.

    Mais uma bobagem:

    Dizer que "intervalo de troca de 10 mil kms é "absurdo" para óleos sintéticos". De novo, faltou informação: No manual de QUALQUER carro especifica-se claramente o intervalo de trocar para condições normais e para o chamado USO SEVERO, que neste caso é metade da km, ou seja, 5 mil kms. Neste "uso severo" enquadra-se: Trânsito pesado, percursos curtos e diversos outros, na verdade, a maior parte dos casos no Brasil. E por isso eu SEMPRE troco óleo a cada 5 mil , mesmo sendo sintético. Já pessoas que usam o carro mais em entrada e percursos longos, 10 mil kms para sintético não é nada absurdo.

    Na verdade, Honda e Toyota recomendam 10 mil milhas (16 mil kms) ou 1 ano para seus óleos sintéticos em situações de uso normal e metade disso para uso severo.

    E quanto a controlar de nível, todo usuário deveria checar no mínimo a cada 1000kms ou mensalmente, ou de preferência SEMPRE que for abastecer o carro, INDEPENDENTE DO ÓLEO USADO.

    Mais uma bobagem:

    Dizer que que um 0W20 "vai destruir um monte de motores de carros rapidamente" e explica isso com uma "teoria da conspiração". Isso eu nem vou comentar... mas basta dizer que nos EUA já existem Civics e Corollas que já rodaram mais de 100 mil milhas (160 mil kms) usando 0W20 desde 2012 e está tudo muito bem, obrigado. E desde 2001, rodam com 5W20 e já são milhões de carros com mais de 300 mil milhas (480 mil kms) sem grandes problemas.

    Lembrando que 0W20 ou 5W20 tem a mesma viscosidade na temperatura de trabalho do motor.

    Quanto a recomendação da Honda no Brasil para uso de mineral e não sintético, foi questão de puro marketing, pois aqui ela só vendia óleo mineral. Sacanagem comercial realmente vergonhosa, mas sem nenhuma relação com clima pois nos EUA desde 2001 ela recomenda sintético ou semi-sintético e os motores são os mesmos.

  5. #15
    Nível GS 2

    Avatar de sal silva
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Nome Real
    The last rebel
    Localização
    Santos
    Moto
    R1200gs LC ADV e NX 350 Sahara
    Posts
    8.104
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    30
    Citação Postado originalmente por rodpcastro Ver Post
    1o - não é verdade que "quanto mais baixa a temperatura mais dura o motor". O motor é projetado para funcionar num range de temperatura específico, menos ou mais é problema. Por exemplo, enquanto o motor não atinge a temperatura correta ele gasta mais gasolina e o sistema de evaporação dos vapores óleo para a admissão fica fechado. Mas a troca da especificação do óleo para outra tão próxima não vai alterar isso significativamente.

    2o - as motos até 2012 tinham recomendação no manual de óleo 10w40. De 2013 adiante passou para 15 w50 sem que tenha havido qualquer modificação no motor (eu tive uma 2010 e tenho uma 2013). Isso meio que indica que qualquer dos dois dá conta.
    Muito bom,mas continuo em duvida se isso vale para motores sem refrigeração liquida em uso severo.Outra duvida é a troca de oleo antecipada devido a qualidade de nosso combustível.
    Sal Silva, the real last rebel.

    https://www.youtube.com/watch?v=_uwkiHXwhc8

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
Sobre o Forum
O forum foi criado em maio de 2012, e se chamava BMW F800GS após um encontro de em Monte Verde MG, o forum começou a se tornar popular.
Completando 01 ano de forum, o forum mudou de nome e se tornou o BMW GS BRASIL devido ao grande numero de usuarios com diversas motos BMW.
Hoje o forum BMW GS BRASIL é o maior forum de BMW do Brasil, temos mais de 4 milhões de acessos, e um conteúdo rico de muita informação!
Seja bem vindo!