Página 1 de 4 123 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 34

Tópico: F800 GS x MT-09 Tracer

  1. #1
    Moderador

    Avatar de RicBoris
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Nome Real
    Ricardo Aragão
    Localização
    Ipu/CE
    Moto
    XVS950 Midnight
    Posts
    5.194
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10

    F800 GS x MT-09 Tracer

    Confronto entre Yamaha Tracer e BMW F 800 GS



    Fonte: moto.com.br
    http://www.moto.com.br/m/noticia/100302.html

    Chegam ao mercado global novas motos aventureiras com características versáteis, confortáveis, recheadas de tecnologia e com boa autonomia. Hoje esess modelos estão em alta e são as preferidas do consumidor que busca a motocicleta ideal para longas viagens.

    A popularidade do segmento e a utilização dessas motos predominantemente no asfalto fizeram com que os fabricantes criassem o conceito crossover: modelos que combinam o desempenho e a agilidade das nakeds esportivas com a ciclística e a posição de pilotagem das trails. Kawasaki Versys 1000, Honda NC 750X, BMW S 1000XR e Triumph Tiger Sport 1050, entre outros, são bons exemplos dessa “mistura”.



    Com tanta variedade, o motociclista que planeja comprar uma moto para viajar pode ficar na dúvida entre as verdadeiras bigtrails e as novas crossovers. Pensando nisso, rodamos mais de 1.000 km com a BMW F 800 GS e a Yamaha MT-09 Tracer para descobrir qual a melhor para você. Ambas têm preços próximos e são legítimas representantes de cada estilo aventureiro.

    Conheça as opções
    Renovada, a BMW F 800 GS custa R$ 45.900 e é o exemplo de uma bigtrail com vocação off-road. Rodas raiadas, aro 21 na dianteira, suspensões de longo curso e até mesmo seu visual deixam claro que a moto alemã está pronta para qualquer terreno. O modelo 2016, além do controle de tração, ganhou também ajuste eletrônico de suspensão e um leve face-lift.



    Já a Yamaha Tracer, cotada a R$ 45.990, não nega sua origem. Compartilha o quadro e o tricilíndrico de 115 cv com sua irmã naked, a MT-09, de quem também herda as rodas de liga-leve aro 17. Porém, a Tracer tem tanque maior, banco mais amplo, carenagem frontal e uma posição de pilotagem ereta, típica das trails, no melhor estilo crossover.

    Não se trata de um simples comparativo para descobrir qual a melhor entre elas. Ambas são excelentes opções para longas viagens, mas têm peculiaridades que podem fazer uma delas a melhor opção para você em sua próxima viagem. Confira!



    Escolha a BMW F 800 GS se você:

    - Não se preocupa com potência acima de 100 cavalos: equipada com um bicilíndrico de 798 cm³ a BMW produz “apenas” 85 cv a 7.500 rpm, suficiente para manter boas velocidades de cruzeiro em uma viagem, mas não se trata de um desempenho esportivo e fica bem abaixo da Tracer e seus 115 cv de potência. Por sua configuração, o motor também vibra bastante e incomoda após longas horas pilotando.

    - Já tem muitos quilômetros no currículo: outra novidade da F 800 GS para 2016 é o banco conforto, que vem como item de série na versão brasileira, montada em Manaus (AM). Mais largo e com mais espuma melhorou em relação ao assento do modelo anterior, mas ainda assim não oferece o conforto de uma sport-touring. Outro detalhe que compromete o conforto na BMW é o pequeno para-brisa que oferece pouca proteção aerodinâmica aos mais altos e cansa após trechos de 200 km.

    - 300 km de autonomia são suficientes: Em nossa viagem de 1.000 km, o consumo da bigtrail alemã variou entre 17,6 km/l e 21,1 km/l. Com um tanque de 16 litros de capacidade a F 800 GS oferece cerca de 300 km de autonomia. Pouco se você pretende rodar pelo Deserto do Atacama, tanto que a própria marca alemã oferece uma versão “Adventure” da F 800 GS com tanque de maior capacidade (24 litros).

    - Tem mais de 1,80 m: o novo assento da F 800GS, mais largo, está a 895 mm do solo. Portanto, é preciso ser alto – pelo menos 1,80 m – para colocar os dois pés no chão na hora de estacionar essa alemã, que pesa 214 kg em ordem de marcha. Mas essa característica não é assim tão determinante. Meço 1,71 m e rodei muitos quilômetros com a bigtrail, mas é preciso experiência e atenção na hora de manobrar. E nós, menos favorecidos no quesito altura, sempre podemos escorregar para um dos lados do banco e apoiar o pé no chão.

    - Gosta de terra: caso você seja o tipo de motociclista que entre 100 km de asfalto e 50 km de terra prefere se aventurar no fora-de-estrada, não hesite: vá de F 800GS. Pois é justamente na terra que a bigtrail alemã se sobressai em relação à crossover japonesa. Com 230 mm de curso no garfo invertido na dianteira e 215 mm na balança traseira monoamortecida, a BMW enfrenta qualquer estrada de terra sem problemas. O ajuste eletrônico da suspensão é bem-vindo nessas situações, já que por meio de um toque no botão é possível alterar as configurações de compressão e retorno. O controle de tração não é lá dos mais modernos, mas, assim como o ABS, pode ser desligado para você se divertir no off-road.



    Escolha a Yamaha MT-09 Tracer se você:

    - É fã de motores que giram alto: Com motor de três cilindros e virabrequim crossplane, a Yamaha conseguiu reunir o melhor dos dois mundos na Tracer: bom torque em baixos e médios regimes e potência de sobra em altos giros. O tricilíndrico com 846 cm³ produz 115 cv a 10.000 rpm. Com funcionamento bem liso, sem vibrações, a Tracer tem o desempenho de uma naked esportiva e ainda oferece uma boa relação peso/potência: 0,54 cv/kg. O modelo ainda está equipado com três modos de pilotagem: “STD” (standard), para qualquer situação; “A”, para uma resposta mais instantânea e esportiva do acelerador; e o modo “B” deixa a resposta do acelerador e a entrega de potência ainda mais suave.

    - Quer conforto de sobra para piloto e garupa: o largo banco da Tracer é bipartido e tem bastante espuma garantindo assim conforto para dois ocupantes. O para-brisa alto (que oferece regulagem de altura) e a ampla carenagem oferecem uma excelente proteção aerodinâmica: nem se sente o vento no capacete e os grandes protetores de mão ajudam nessa tarefa. A posição de pilotagem ereta permite rodar por muitos e muitos quilômetros sem cansar. Em nossa jornada, o piloto da Tracer chegou mais “inteiro” ao destino. E não se preocupe com a altura: o banco dessa Yamaha pode ser ajustado em duas posições: 845 mm ou 860 mm.

    - Boa autonomia e consumo razoável: o consumo da Tracer varia de acordo com a tocada: com ímpeto no acelerador chegamos a rodar 17,7 km/l; em um trecho de estrada aberta e com uma tocada mais tranquila atingimos a boa marca de 22 km/l, melhor do que a BMW indo na mesma tocada. Como seu tanque tem capacidade para 18 litros, a Tracer roda até 350 km sem paradas.

    - Gosta de contornar curvas: a principal diferença entre as duas aventureiras está no diâmetro da roda: enquanto a BMW tem uma grande roda de 21 polegadas na dianteira, a Yamaha usa aro 17 na frente e atrás. Essa configuração em conjunto com os bons pneus de perfil esportivo sem câmara faz dessa Tracer uma devoradora de curvas. Não que a BMW seja ruim, pelo contrário. Mas a Tracer mostrou-se muito mais estável tanto nas estradas sinuosas como em alta velocidade. Nas serras durante a viagem, o piloto da F 800 GS suava para acompanhar a crossover japonesa.

    - Vai rodar apenas no asfalto: esse é o ponto crucial para escolher entre uma bigtrail ou uma crossover. Se você é do tipo que passa longe daquela estradinha de terra batida a caminho do sítio, vá de Yamaha Tracer. Suas suspensões até enfrentam bem estradas secundárias com asfalto ruim, porém o pouco curso – 137 mm na frente e 130 mm atrás –, as rodas de liga-leve e os pneus esportivos dificultam a vida no fora-de-estrada mais exigente. Por outro lado, o conjunto mais firme e o quadro de alumínio em conjunto com as rodas menores oferecem muito conforto para você ir mais até onde quiser, desde que tenha asfalto.



    Ficha Técnica - BMW F 800 GS

    Motor Bicilíndrico, DOHC, quatro tempos, oito válvulas, arrefecimento líquido
    Taxa de Compressão 12:1
    Capacidade 798 cm³
    Potência Máxima 85 cv a 7.500 rpm
    Torque Máximo 8,5 kgf.m a 5.750 rpm
    Sistema de Alimentação Injeção Eletrônica
    Partida Elétrica
    Câmbio 6 velocidades
    Transmissão final Corrente
    Suspensão
    Dianteira Garfo telescópico invertido, com tubos de 43 mm e 230 mm de curso e ajuste eletrônico
    Traseira Balança monoamortecida com 215 mm de curso e ajuste eletrônico da compressão e retorno; e ajuste manual da pré-carga
    Freios
    Dianteiro Disco duplo flutuante de 300 mm com pinça flutuante de 2 pistões e ABS
    Traseiro Disco simples de 265 mm com pinça flutuante de 1 pistão e ABS
    Rodas
    Raiadas de 21 polegadas na dianteira e 17 polegadas na traseira
    Pneus
    Pneu Dianteiro 90/90-21 (54V)
    Pneu Traseiro 150/70-17 (69V)
    Quadro Tubular em aço
    Dimensões (C x L x A) 2.320 mm x 945 mm x 1.350 mm
    Altura do Assento 895 mm
    Distância Mínima do Solo não disponível
    Distância entre-eixos 1.578 mm
    Tanque de Combustível 15 l (4 l reserva)
    Peso (em ordem de marcha) 214 kg
    Cores: Branca e preta
    Preço R$ 45.900

    Ficha Técnica - Yamaha MT09-Tracer

    Motor Três cilindros, 12 válvulas, DOHC e refrigeração líquida
    Taxa de Compressão 11,5:1
    Capacidade 846 cm³
    Potência Máxima 115 cv a 10.000 rpm
    Torque Máximo 8,92 kgf.m a 8.500 rpm
    Sistema de Alimentação Injeção Eletrônica
    Partida Elétrica
    Câmbio 6 velocidades
    Transmissão final Corrente
    Suspensão
    Dianteira Garfo telescópico invertido, com tubos de 41mm e 137 mm de curso
    Traseira Balança Monocross, com Link e 130mm de curso
    Freios
    Dianteiro Disco duplo flutuante de 298 mm e duas pinças radiais de quatro pistões opostos, com ABS
    Traseiro Disco de 245 mm e uma pinça simples, com ABS
    Rodas Liga leve – 17 polegadas na dianteira/traseira
    Pneus
    Pneu Dianteiro 120/70 ZR17 (58W)
    Pneu Traseiro 180/55 ZR17 (73W)
    Quadro tipo diamond em alumínio
    Dimensões (C x L x A) 2.160 mm x 950 mm x 1.345 mm
    Altura do Assento 845/860 mm
    Distância Mínima do Solo 135 mm
    Distância entre-eixos 1.440 mm
    Tanque de Combustível 18 l (2,6 l)
    Peso (em ordem de marcha) 210 kg
    Cores: Vermelha metálica e cinza fosco
    Preço R$ 45.990

    Fonte:
    Agência Infomoto
    Última edição por RicBoris; 12-09-2016 às 03:23.
    ____________
    Ricardo Boris
    Ipu / Ceará

    Motociclista desde os 17 anos (1987)!
    Casos Antigos: CG125Titan(1996/1998) / NX200 (1999) / XR250Tornado (2001/2005/2007) / XRE300-ABS (2010/2014) / BMW F800GS Trophy (2012)
    Caso Atual: Yamaha XVS 950 Midnight Star (2011)
    >> 07/2013: Rota dos Guerreiros - Nordeste/Sudeste/Centro-Oeste (CE/RN/PB/PE/AL/SE/BA/MG/DF/GO/PI), 8.000km, 22dias (XVS950)

  2. #2
    Piloto Nível 3 Avatar de sascencio
    Data de Ingresso
    Dec 2012
    Nome Real
    Sílvio
    Localização
    São José dos Campos-SP
    Moto
    BMW F800 GS Trophy
    Posts
    556
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    6
    Motos totalmente distintas.

    A F800GS é uma antentica bigtrail e a Tracer é uma touring...
    *** Se tem 2 rodas, to dentro!!! moto e bike (mtb/speed/cicloturismo) *********

  3. #3
    Piloto Nível 1
    Data de Ingresso
    Feb 2015
    Nome Real
    Carlos Morais
    Localização
    Sorocaba
    Moto
    GS 1200 Premium
    Posts
    149
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    4
    Fiquei na dúvida entre elas, mas acabei comprando a F800gsa.

  4. #4
    Piloto Nível 2
    Avatar de sbsantos
    Data de Ingresso
    Sep 2014
    Nome Real
    Sergio Batista dos Santos
    Localização
    Santo André - SP
    Moto
    Trophy (a Lander sobrevive)
    Posts
    295
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    5
    Boa matéria, Ric. Agradeço por compartilhar.

    Enviado pelo celular
    Ô sexta que não chega!

  5. #5
    Piloto Nível 1
    Avatar de Lauzamar
    Data de Ingresso
    Sep 2014
    Nome Real
    Lauzamar Goulart
    Localização
    Pedregulho - SP
    Moto
    F 800 GS Branca
    Posts
    47
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Ótima matéria

    Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk

  6. #6
    Moderador

    Avatar de RicBoris
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Nome Real
    Ricardo Aragão
    Localização
    Ipu/CE
    Moto
    XVS950 Midnight
    Posts
    5.194
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    Citação Postado originalmente por sascencio Ver Post
    Motos totalmente distintas.

    A F800GS é uma antentica bigtrail e a Tracer é uma touring...
    É exatamente o que diz a matéria, que desde o início deixa claro que não se trata de um comparativo. Achei (a matéria) bem interessante e completa.
    ____________
    Ricardo Boris
    Ipu / Ceará

    Motociclista desde os 17 anos (1987)!
    Casos Antigos: CG125Titan(1996/1998) / NX200 (1999) / XR250Tornado (2001/2005/2007) / XRE300-ABS (2010/2014) / BMW F800GS Trophy (2012)
    Caso Atual: Yamaha XVS 950 Midnight Star (2011)
    >> 07/2013: Rota dos Guerreiros - Nordeste/Sudeste/Centro-Oeste (CE/RN/PB/PE/AL/SE/BA/MG/DF/GO/PI), 8.000km, 22dias (XVS950)

  7. #7
    Moderador

    Avatar de RicBoris
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Nome Real
    Ricardo Aragão
    Localização
    Ipu/CE
    Moto
    XVS950 Midnight
    Posts
    5.194
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    Citação Postado originalmente por sbsantos Ver Post
    Boa matéria, Ric. Agradeço por compartilhar.

    Enviado pelo celular
    Citação Postado originalmente por Lauzamar Ver Post
    Ótima matéria

    Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
    Pois é, amigos... tava ontem zapeando nos sites de motos e me deparei com esse teste divulgado no site moto.com.br. Então, já que se trata da f8, achei interessante compartilhar aqui com vocês.

    Também não considero o mesmo estilo, mas há quem tenha aquela dúvida (de quase todo mundo) antes de escolher uma moto assim... neste caso a matéria saneia se não todas, a maioria dessas dúvidas.

    Abraços!
    ____________
    Ricardo Boris
    Ipu / Ceará

    Motociclista desde os 17 anos (1987)!
    Casos Antigos: CG125Titan(1996/1998) / NX200 (1999) / XR250Tornado (2001/2005/2007) / XRE300-ABS (2010/2014) / BMW F800GS Trophy (2012)
    Caso Atual: Yamaha XVS 950 Midnight Star (2011)
    >> 07/2013: Rota dos Guerreiros - Nordeste/Sudeste/Centro-Oeste (CE/RN/PB/PE/AL/SE/BA/MG/DF/GO/PI), 8.000km, 22dias (XVS950)

  8. #8
    Nível GS 2

    Avatar de sal silva
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Nome Real
    The last rebel
    Localização
    Santos
    Moto
    R1200gs LC ADV e NX 350 Sahara
    Posts
    8.904
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    33
    Pra macho como eu tem que ser Trail,esse negocio de Trail meia boca é moto pra Boiola.
    Gian Sussa, the real last rebel.

    https://www.youtube.com/watch?v=_uwkiHXwhc8

  9. #9
    Piloto Nível 2

    Avatar de AD-1512
    Data de Ingresso
    Nov 2015
    Nome Real
    Alessandro Diaferia
    Localização
    São Paulo
    Moto
    R1200 GS Adv Triple Black 2012
    Posts
    283
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    4
    Comparativo não precisa ser sempre competitivo. Pode ser informativo e ajudar a decidir melhor o que comprar, os pontos fortes e fracos de cada uma. Esse tipo de comparativo informativo ajuda a não se levar gato por lebre, ou a ter expectativas frustradas. Foi o que me pareceu no caso. Valeu!


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

  10. #10
    Moderador

    Avatar de RicBoris
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Nome Real
    Ricardo Aragão
    Localização
    Ipu/CE
    Moto
    XVS950 Midnight
    Posts
    5.194
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    Citação Postado originalmente por sal silva Ver Post
    Pra macho como eu tem que ser Trail,esse negocio de Trail meia boca é moto pra Boiola.
    Pois é. Concordo... com "trail meia boca". Já com a publicidade gratuita da "macheza" do amigo...

    Mas a matéria não sugere qual a melhor moto ou estilo. Mostra as duas, com suas características e aptidões. Muito interessante, ao meu ver.
    ____________
    Ricardo Boris
    Ipu / Ceará

    Motociclista desde os 17 anos (1987)!
    Casos Antigos: CG125Titan(1996/1998) / NX200 (1999) / XR250Tornado (2001/2005/2007) / XRE300-ABS (2010/2014) / BMW F800GS Trophy (2012)
    Caso Atual: Yamaha XVS 950 Midnight Star (2011)
    >> 07/2013: Rota dos Guerreiros - Nordeste/Sudeste/Centro-Oeste (CE/RN/PB/PE/AL/SE/BA/MG/DF/GO/PI), 8.000km, 22dias (XVS950)

Página 1 de 4 123 ... ÚltimoÚltimo

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
Sobre o Forum
O forum foi criado em maio de 2012, e se chamava BMW F800GS após um encontro de em Monte Verde MG, o forum começou a se tornar popular.
Completando 01 ano de forum, o forum mudou de nome e se tornou o BMW GS BRASIL devido ao grande numero de usuarios com diversas motos BMW.
Hoje o forum BMW GS BRASIL é o maior forum de BMW do Brasil, temos mais de 4 milhões de acessos, e um conteúdo rico de muita informação!
Seja bem vindo!