Página 2 de 11 PrimeiroPrimeiro 1234 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 11 a 20 de 102

Tópico: Motor da minha F800GS 2015 fundiu com 17.000km

  1. #11
    Moderador

    Avatar de Iceman
    Data de Ingresso
    Sep 2013
    Nome Real
    Thomas
    Localização
    ABC - SP
    Moto
    R1200GS LC 14
    Posts
    6.290
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    Emmerson, respeito sua posição e entendo sua preocupação e desapontamento com a marca.

    O que algumas pessoas estão querendo dizer aqui (e talvez tenham sido mal interpretadas), não é que é frescura se preocupar com esses defeitos, mas sim, que eles não são exclusividade da BMW, e simplesmente fazem parte da realidade.

    Trabalho com engenharia mecanica e elétrica (máquinas e equipamentos, principalmente para indústria automobilistica), e sei que os processos de usinagem e montagem, apesar de altos investimentos que tem sido feitos em controle de processos e qualidade, nunca serão 100% livres de erros ou falhas.

    E isso vale para QUALQUER coisa e qualquer fabricante.

    Mesmo um marca-passo ou aparelho de respiração artificial, podem estar, e estão, sujeitos a apresentarem falhas.

    Carros podem apresentar falhas tanto quanto motos, e acima de 100 km/h, mesmo com 4 rodas, uma falha pode ser potencialmente fatal.

    Entretanto, concordo que quando compramos um bem de uma marca "premium" nossas expectativas são maiores, porque o preço que pagamos também é maior.

    Existe um fungo que ataca as rolhas usadas em garaffas de champagne e vinho. esse fungo pode atacar qualqueer rolha, independente se for de um garafão de "Sangue de Boi" ou de um "Mouton Rothschild 1985" e é obio que a decepção será muito maior se ocorrer no vinho mais caro. Não obstante, pode ocorrer em qualquer garrafa.

    A "loteria" à qual algumas pessoas se referem, é um fato, não desejado, mas um fato. Não tem como evitar e não é exclusividade de motos, carros, celulares ou qualquer bem que seja.

    Ninguem está tentando minimizar o seu problema ou os riscos que você apresentou, que são reais e tenho certeza de que todos aqui estão cientes.

    Infelizmente, não há muito o que fazer a respeito, a não ser esperar que nada de ruim aconteça e que sua moto possa ser reparada o mais breve possível.
    CB400 "customizada" / XLX350R / CBR450 / casamento / filha / G650GS / F800GS / R1200GS LC, porque evoluir é preciso (pensa numa criança feliz... )

  2. #12
    Administrador
    Data de Ingresso
    Oct 2015
    Nome Real
    Emmerson Mendes
    Localização
    Sorocaba/SP
    Moto
    GS800
    Posts
    36
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Entendi o ponto Icemam, mas acho grave ela estar tão fora da curva no quesito quantidade de defeitos "públicos". Por exemplo, esse punho é problemático desde 2013... já estamos em 2016 e a minha é 15/15 e o problema continua... sei lá... 2 anos depois?! é razoável? O motor eu não sabia, de verdade, senão teria afetado a minha compra. Vem a famigerada bomba dágua (eu estava na torcida e monitorando isso sempre exatamente para evitar superaquecimento e perdê-la no meio de uma viagem - já que faço muitas). Panes elétricas são comuns também.

    Enfim, quem sou eu para desmerecer a moto, não sei montar nem um velocípede! só queria compartilhar mesmo, não quis interpretar mal os amigos de duas rodas. Se o fiz, as minhas sinceras desculpas.

  3. #13
    Administrador

    Data de Ingresso
    Jun 2015
    Nome Real
    José Carlos Menezes
    Localização
    Rio de Janeiro
    Moto
    HD Sport Glide 2019
    Posts
    181
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    7
    Muito claros os comentários e entendo a decepção do ewmendes. Estourei um motor de falcon, em 2001, com apenas 10 km rodados, vinte minutos depois de retirada da cc, 0km.

    Agora, vícios de projetos, francamente...

    A minha 800GS, por enquanto vai que vai, com pouco mais de 8k.

  4. #14
    Administrador
    Data de Ingresso
    Oct 2015
    Nome Real
    Emmerson Mendes
    Localização
    Sorocaba/SP
    Moto
    GS800
    Posts
    36
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Jotace, tocou no ponto. Não queria citar essa palavra pq não sou engenheiro e não quero ofender os olhos (ouvidos) de ninguém com asneira. Mas se notar na história automobilística, é possível ver inúmeros erros de projetos, até de ferrari. Mas o nosso universo é menor, moto. Comparando com moto, a Honda tem uma história de erros grotescos nos projetos como foi o caso das primeiras CB200, CB300, yamahas 125, e até na fazer 250 2013 que era a que tinha. Mas no ano seguinte já não se ouve mais esse tipo de problema. A F800GS, ao que me parece (permito correções se eu estiver equivocado), está apresentando cada vez mais problemas ao contrário de ser o inverso (menos problemas com o passar do tempo). Ela não mudou nada praticamente desde a nacionalização.

    Sei lá... não me parece normal "mais defeito" em um momento de maturidade que esperasse "menos defeito". Aliás, foi nessa fé que comprei: os caras já devem ter corrigido isso de tão repetitivo. Me dei mal, tem defeito novo (de motor).

    Ainda não tive uma conversa boa com o consultor para entender o que se passou, mas em conversas iniciais a indicação é de falha de montagem e não necessariamente qualidade do material. Diferentemente dos plásticos e aparentemente da elétrica. Será que estão com um estoque de ABS até 2050 e tem que queimar tudo??? LoL....

  5. #15
    Moderador

    Avatar de Iceman
    Data de Ingresso
    Sep 2013
    Nome Real
    Thomas
    Localização
    ABC - SP
    Moto
    R1200GS LC 14
    Posts
    6.290
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    Sem problemas Emmerson, tenho certeza de que todos aqui também entenderam o seu ponto de vista.

    Eu acho (puro achismo) que quando as pessoas compram uma marca "premium" e aparece algum problema, elas ficam mais decepcionadas do que o normal e como geralmente são pessoas de um nível intelectual e cultural mais elevado, são mais predispostas a "meterem a boca no trombone" e reclamar os seus direitos.

    Voltando ao exemplo do vinho, você não se daria ao trabalho de voltar ao supermercado para trocar um garrafão de Sange de Boi, que custou R$ 10,00 (embora seria o correto e seu direito), mas COM CERTEZA, voltaria à loja onde adquiriu o Mouton Rothschild por R$ 7.000,00.

    Talvez as marcas premium (Ducati e Triumph estão logo atrás da BMW) tenham clientes mais exigentes e mais vocais, e por isso apareçam mais as reclamações.

    A própria reportagem que o Eder linkou frisa que "confiabilidade" não está diretamente relacionado à "satisfação com a marca".

    Enfim, é como dizem: "Pimente no * dos outros é refresco". É sempre mais fácil encarar com naturalidade determinados fatos, quando não ocorrem conosco.

    De qualquer forma, se a sua confiança na marca está abalada, é perfeitamente compreensível e o melhor a fazer é realmente mudar de marca, e rezar para não ter outra decepção
    CB400 "customizada" / XLX350R / CBR450 / casamento / filha / G650GS / F800GS / R1200GS LC, porque evoluir é preciso (pensa numa criança feliz... )

  6. #16
    Piloto Nível 4

    Avatar de Eder
    Data de Ingresso
    Apr 2014
    Nome Real
    Eder Giovani Savio
    Localização
    Florianópolis
    Moto
    Ducati Multistrada 1200
    Posts
    930
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    8
    Uma dúvida de cunho técnico para atitude de emergência: Se o motor der pau e travar, a embreagem funciona para salvar a situação ou o treco todo continua travado?
    Wind Power Generation & Wind Power Fun

  7. #17
    Administrador
    Data de Ingresso
    Oct 2015
    Nome Real
    Emmerson Mendes
    Localização
    Sorocaba/SP
    Moto
    GS800
    Posts
    36
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Éder, a resposta é: depende. Motor e transmissão estão conectados. Se quebrar alguma peça que faça o contato entre eles, pode ocorrer interferência e acontecer o travamento da roda. A mão rápida na embreagem "pode matar" um eventual processo de degradação e falência total do conjunto motriz, mas não há garantias disso. Uma queda em uma reta asfaltada e sem movimento pode nem ser tão grave. Uma costelinha aqui, uma bacia ali. Mas basta acrescentar movimento, curvas, buracos, pedras e barrancos que qualquer pânico ou mão solta pode ser fatal. Dá pra travar e conseguir parar com ela de pé, mas e o que vem atrás? irá parar em tempo?

  8. #18
    Nível GS 2

    Avatar de sal silva
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Nome Real
    The last rebel
    Localização
    Santos
    Moto
    R1200gs LC ADV e NX 350 Sahara
    Posts
    9.057
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    37
    Citação Postado originalmente por Iceman Ver Post
    Sem problemas Emmerson, tenho certeza de que todos aqui também entenderam o seu ponto de vista.

    Eu acho (puro achismo) que quando as pessoas compram uma marca "premium" e aparece algum problema, elas ficam mais decepcionadas do que o normal e como geralmente são pessoas de um nível intelectual e cultural mais elevado, são mais predispostas a "meterem a boca no trombone" e reclamar os seus direitos.

    Voltando ao exemplo do vinho, você não se daria ao trabalho de voltar ao supermercado para trocar um garrafão de Sange de Boi, que custou R$ 10,00 (embora seria o correto e seu direito), mas COM CERTEZA, voltaria à loja onde adquiriu o Mouton Rothschild por R$ 7.000,00.

    Talvez as marcas premium (Ducati e Triumph estão logo atrás da BMW) tenham clientes mais exigentes e mais vocais, e por isso apareçam mais as reclamações.

    A própria reportagem que o Eder linkou frisa que "confiabilidade" não está diretamente relacionado à "satisfação com a marca".

    Enfim, é como dizem: "Pimente no * dos outros é refresco". É sempre mais fácil encarar com naturalidade determinados fatos, quando não ocorrem conosco.

    De qualquer forma, se a sua confiança na marca está abalada, é perfeitamente compreensível e o melhor a fazer é realmente mudar de marca, e rezar para não ter outra decepção
    Ice,o Sangue de Boi não está R$10.00 está R$12.00 e essa marca com nome estranho que você falou eu já provei e não gostei.

    Tenho a mesma duvida do nobre colega Eder.
    Gian Sussa, the real last rebel.

    https://www.youtube.com/watch?v=_uwkiHXwhc8

  9. #19
    Administrador
    Data de Ingresso
    Oct 2015
    Nome Real
    Emmerson Mendes
    Localização
    Sorocaba/SP
    Moto
    GS800
    Posts
    36
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Em termos gerais, existem basicamente dois conceitos de qualidade que se se completam:

    1 - Senso comum. A qualidade é inversamente proporcional ao número de falhas que um produto ou serviço apresente. Quanto mais falhas, menor a qualidade, quanto menos, maior a qualidade. Nesses termos a ISO, determina um PPM para cada produto derivado de um processo industrial. Como o assunto é parte por milhão, quanto menor, melhor. 1 caso por milhão é admissível e estaria dentro dos padrões de qualidade comumente aceitos. Como as vendas da F800GS são em torno de 300 por mês, isso dariam 16.200 unidades desde a nacionalização. Faltariam 983 mil unidades para ocorrer o primeiro motor falido! Se a minha fosse o primeiro caso, isso daria 1 em cada 20.000 (milhar... não milhão). Porém existem mais... 1 a cada 10.000 motos ou seriam menos ainda?? 1 a cada 5.000 motos saem com problema no motor. Ou seja, conjecturando pelo senso comum e sem números de assistência técnica, pelo menos 1 por ano vai dar pau no motor. Claro, os punhos não resolvidos seriam algo como 1 a cada 3 meses. Quem tiver números melhores, fique à vontade. Quero me convencer que a BMW ainda tem qualidade top de premium.

    2 - Em linguagem de engenharia de projetos (PMI, PRINCE, etc). Qualidade nada mais é que a adequação do produto ao que foi proposto no escopo. Se o produto atende todo o prospecto do escopo, ele simplesmente tem qualidade. Não há que se discutir. As campanhas publicitárias são baseadas em marketing e imagem, que por sua vez, constam no projeto do produto, a saber o projeto F800GS. Se há um desalinhamento entre a publicidade e o produto final, há falta de qualidade no projeto. Se a publicidade promete uma moto "imparável" que te faz ir até o fim do mundo sem dar defeito e o produto não cumpre integralmente a promessa, com certeza o projeto foi executado com falha.

    Os dois conceitos se completam, um na elaboração do projeto que precisa ter qualidade, ou seja, um alinhamento entre todo o escopo e o produto final: a linha de produção de um produto motocicleta nominada f800gs. Uma vez entregue esse produto, o que advém dele são as réplicas, que tem o conceito de qualidade aplicado pela ISO. E nestes termos também o produto falha, por apresentar uma quantidade de falhas superior ao esperado em normas internacionais.

    Eu gostaria de acreditar que as unidades F800GS gozam todas de qualidade, mas sinceramente não acredito. Sorte não é parte integrante dos conceitos de qualidade em nenhum tipo de pesquisa científica, acadêmica ou industrial de um veículo dessa monta. Era de se esperar que até o momento exatamente nenhuma F800GS apresentasse qualquer defeito.

    Ao meu ver essas falhas são inadmissíveis! sob qualquer aspecto.

  10. #20
    Administrator

    Avatar de shw
    Data de Ingresso
    Jun 2012
    Nome Real
    Marcel Rafael
    Localização
    Curitiba - PR
    Moto
    R1200 GS
    Posts
    3.481
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    mas e ai?
    A minha moto fora da garantia trocaram o motor! E a sua que esta dentro da garantia o que aconteceu? debater se a marca tem qualidade ou não.. é irrelevante para seu problema!! as revisôes estavam em dia?
    Forum Loading Completo!
    [####################] 100 %
    [BMW GS BRASIL 9 Anos!!!]

    Instagram Loading ...
    [####################] 99 %
    [BMW GS BRASIL 20 mil seguidores]


    YouTube 1000 inscritos Loading....
    0 [####################] 1%



Página 2 de 11 PrimeiroPrimeiro 1234 ... ÚltimoÚltimo

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
Sobre o Forum
O forum foi criado em maio de 2012, e se chamava BMW F800GS após um encontro de em Monte Verde MG, o forum começou a se tornar popular.
Completando 01 ano de forum, o forum mudou de nome e se tornou o BMW GS BRASIL devido ao grande numero de usuarios com diversas motos BMW.
Hoje o forum BMW GS BRASIL é o maior forum de BMW do Brasil, temos mais de 4 milhões de acessos, e um conteúdo rico de muita informação!
Seja bem vindo!
Ajude
Ajude manter o forum, faça uma doação!