Resultados 1 a 9 de 9

Tópico: Qualidade para o dia a dia de uma G 310 GS

  1. #1
    Piloto Nível 1
    Data de Ingresso
    Apr 2021
    Nome Real
    Cleiton Caldeira Borges
    Localização
    Alto Paraiso
    Moto
    R 1250 GS
    Posts
    4
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0

    Wink Qualidade para o dia a dia de uma G 310 GS

    Bom dia a todos, eu tenho uma duvida que os mais experientes podem resolver, hoje em dia tenho uma gs 1200 para passeio porem gostaria de uma menor para o dia a dia hoje esta sera mais confiável uma g 310 gs? sera que conseguiram fazer elas com menos problemas que os modelos 2018 e 2019 e se for o caso a aquisição do modelo 2021 Rally com acelerador eletrônico e full Led, o que me dizem?
    "obs: Motos de outras marcas não estão muito a meu favor, por quesito qualidade, da classe de binarias que temos no mercado"

  2. #2
    Piloto Nível 4
    Data de Ingresso
    Aug 2015
    Nome Real
    Marcos Reiner
    Localização
    Passos
    Moto
    GS 1200 LC
    Posts
    900
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    7
    Bem vindo Cleiton
    Acho que sua resposta está logo abaixo.

    Enviado de meu SM-A530F usando o Tapatalk

  3. #3
    Administrator

    Avatar de shw
    Data de Ingresso
    Jun 2012
    Nome Real
    Marcel Rafael
    Localização
    Curitiba - PR
    Moto
    R1200 GS
    Posts
    3.481
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    Eu ja fiz esta besteira de ter 2 motos uma para viagens F800GS, e outra para a cidade XRE300, resultado a XRE ficava parada a meses, ai consequentimente sem bateria pneu murcho pq só saia com a BMW!

    Ainda sim se for ter uma moto só para cidade iria em uma XRE, Lander, ou uma Scotter pois são motos bem mais baratas de manutenção e econômicas que uma G310
    Forum Loading Completo!
    [####################] 100 %
    [BMW GS BRASIL 9 Anos!!!]

    Instagram Loading ...
    [####################] 99 %
    [BMW GS BRASIL 20 mil seguidores]


    YouTube 1000 inscritos Loading....
    0 [####################] 1%



  4. #4
    Piloto Nível 4
    Data de Ingresso
    Aug 2015
    Nome Real
    Marcos Reiner
    Localização
    Passos
    Moto
    GS 1200 LC
    Posts
    900
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    7
    Realmente, uso a minha R1200 até pra comprar picolé na esquina....rsrsrs...

    Enviado de meu SM-A530F usando o Tapatalk

  5. #5
    Moderador
    Avatar de Rromagnani
    Data de Ingresso
    Jan 2015
    Nome Real
    Roberto Romagnani
    Localização
    São Paulo
    Moto
    BMW R1200GS Adventure
    Posts
    3.131
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    10
    Citação Postado originalmente por shw Ver Post
    Eu ja fiz esta besteira de ter 2 motos uma para viagens F800GS, e outra para a cidade XRE300, resultado a XRE ficava parada a meses, ai consequentimente sem bateria pneu murcho pq só saia com a BMW!

    Ainda sim se for ter uma moto só para cidade iria em uma XRE, Lander, ou uma Scotter pois são motos bem mais baratas de manutenção e econômicas que uma G310
    Tenho certeza que faria exatamente isso... Por isso fico só com uma mesmo!

    Enviado de meu SM-N770F usando o Tapatalk

  6. #6
    Piloto Nível 3 Avatar de Marcelo DC
    Data de Ingresso
    May 2016
    Nome Real
    Marcelo DC
    Localização
    Pirassununga
    Moto
    R1200GS 2017
    Posts
    527
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    6
    Eu tenho uma Gs 2017 e uma tenere 250 2017. A gs com 87k e a tenere com 58k. Hoje eu sentiria mais falta da Tenere embora goste das duas. A manutenção da tenere é mais fácil que a Gs310 no dia a dia e parece que uns probleminhas que a gs310 teve foram resolvidos. A ficha técnica da GS é nem legal e parece ser uma boa motoca. Os preços de pecas são semelhantes no caso de peças originais com a yamaha, mas a tenere tem muita peça boa paralela e qualquer lugar tem yamaha e mecanico que mexe nela. Eu iria de lander se não for pegar muita estrada pois ela é muito resistente. A xre tb é uma boa moto e tem aquela força mais que a lander na estrada. A segunda moto só vale a pena se for rodar bastante, na minha opinião. Outra coisa legal é a facilidade de pegar e tirar ela e dar um pequeno rolê, ainda mais para quem curte uma terrinha. Faço isso 3xs por semana no final da tarde e isso não tem preço.

    Agora, cada um tem uma visão, e uma maneira de ver a vida e cada situação. Escolha o que estiver mais a fim....e bora rodar.

    Enviado de meu SM-N975F usando o Tapatalk
    Última edição por Marcelo DC; 06-04-2021 às 20:27.

  7. #7
    Piloto Nível 2

    Data de Ingresso
    Apr 2014
    Nome Real
    FELIPE CRUZ
    Localização
    SÃO PAULO
    Moto
    R1200GSA
    Posts
    310
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    8
    Cleiton, vou te falar da minha experiência com 2 motos pq minha condição é bem parecida com a tua.

    Atualmente tenho uma GS1200 e uma G650GS. A maior fica para viagens longas e passeios com a patroa e a menor para uso diário na cidade. Aqui em SP, na minha humilde opinião, usar uma GS1200 no batente do dia a dia é inviável. Seja pelo alto risco de roubo/furto ou simplesmente pq o trânsito caótico não comporta uma moto desse tamanho. Já realizei várias tentativas e sei que existem colegas que conseguem essa proeza, mas no meu caso, prefiro uma moto menor e supostamente menos visada que eu possa largar na rua sem dor de cabeça.

    Aí vc deve pensar.... "ah, mas está com uma 650 pra uso diário e isso não muda muita coisa"... realmente, no quesito manutenção, risco bmw, etc, não muda muito. A 650 é apenas uma moto mais leve e menor, se comparada a 1200, mas todo o restante é meio complicado... seguro, manutenção, risco, etc. Atualmente, por exemplo, eu nem saio com ela a noite, pq acho muito arriscado, algo que não ocorreria se fosse uma moto de menor cilindrada.

    No começo eu usava uma Lander que era excelente, mas eu sentia falta do ABS. Saltei para uma GS310 2019, que usei por cerca de 6 meses e depois vendi. É uma moto muito gostosa para uso diário, mas mesmo assim acaba chamando muita atenção, e no final das contas, os problemas que apareceram me fizeram desanimar da moto. Como o preço estava muito próximo, peguei a 650, que é uma moto imbatível em varios aspectos, mas para meu propósito de uso acaba sendo demais. Hoje penso em voltar para a Lander com ABS ou até mesmo uma Crosser 150. São motos confiáveis e com baixo custo de manutenção, sem contar que vc pode usar sem medo de ser feliz, pois o risco de roubo/furto é bem menor.

    Meu real desejo seria ficar apenas com uma moto, mas ainda não encontrei uma forma de viabilizar isso com os modelos disponíveis no mercado e, principalmente, pq a 1200 é um caminho sem volta. Uma vez 1200, difícil conseguir ficar sem ela.

    Finalizando, o que de fato eu não faria seria voltar para a GS310. Na minha opinião, é uma moto que está meio no limbo. Com o mesmo valor vc pega uma GS650, que é uma moto muito melhor, mais versátil e mais confiável.

  8. #8
    Piloto Nível 1
    Data de Ingresso
    Apr 2021
    Nome Real
    Cleiton Caldeira Borges
    Localização
    Alto Paraiso
    Moto
    R 1250 GS
    Posts
    4
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Citação Postado originalmente por FCRUZ17 Ver Post
    Cleiton, vou te falar da minha experiência com 2 motos pq minha condição é bem parecida com a tua.

    Atualmente tenho uma GS1200 e uma G650GS. A maior fica para viagens longas e passeios com a patroa e a menor para uso diário na cidade. Aqui em SP, na minha humilde opinião, usar uma GS1200 no batente do dia a dia é inviável. Seja pelo alto risco de roubo/furto ou simplesmente pq o trânsito caótico não comporta uma moto desse tamanho. Já realizei várias tentativas e sei que existem colegas que conseguem essa proeza, mas no meu caso, prefiro uma moto menor e supostamente menos visada que eu possa largar na rua sem dor de cabeça.

    Aí vc deve pensar.... "ah, mas está com uma 650 pra uso diário e isso não muda muita coisa"... realmente, no quesito manutenção, risco bmw, etc, não muda muito. A 650 é apenas uma moto mais leve e menor, se comparada a 1200, mas todo o restante é meio complicado... seguro, manutenção, risco, etc. Atualmente, por exemplo, eu nem saio com ela a noite, pq acho muito arriscado, algo que não ocorreria se fosse uma moto de menor cilindrada.

    No começo eu usava uma Lander que era excelente, mas eu sentia falta do ABS. Saltei para uma GS310 2019, que usei por cerca de 6 meses e depois vendi. É uma moto muito gostosa para uso diário, mas mesmo assim acaba chamando muita atenção, e no final das contas, os problemas que apareceram me fizeram desanimar da moto. Como o preço estava muito próximo, peguei a 650, que é uma moto imbatível em varios aspectos, mas para meu propósito de uso acaba sendo demais. Hoje penso em voltar para a Lander com ABS ou até mesmo uma Crosser 150. São motos confiáveis e com baixo custo de manutenção, sem contar que vc pode usar sem medo de ser feliz, pois o risco de roubo/furto é bem menor.

    Meu real desejo seria ficar apenas com uma moto, mas ainda não encontrei uma forma de viabilizar isso com os modelos disponíveis no mercado e, principalmente, pq a 1200 é um caminho sem volta. Uma vez 1200, difícil conseguir ficar sem ela.

    Finalizando, o que de fato eu não faria seria voltar para a GS310. Na minha opinião, é uma moto que está meio no limbo. Com o mesmo valor vc pega uma GS650, que é uma moto muito melhor, mais versátil e mais confiável.
    Uma Boa Tarde, para você e todos do excelentíssimo grupo, vendo ponto de vista de outros membros e principalmente a sua, que se equivale bem a minha realidade, bato o martelo igual a você muito obrigado por compartilhar. Agradeço a todos pela opinião dada.

  9. #9
    Piloto Nível 1
    Data de Ingresso
    May 2020
    Nome Real
    Igro Maia de Souza
    Localização
    Brasília
    Moto
    F750gs
    Posts
    12
    Post Thanks / Like
    Peso da Avaliação
    0
    Eu tinha uma Tiger 800 2014 e resolvi pegar uma Scooter SH 150i somente para trabalhar, largar na rua em local movimentado.

    Decepção total: passei a ter preguiça de andar na Tiger!

    A scooter é leve, ágil, fácil de manobrar e estacionar, extremamente econômica, pouco roubo, banco confortável, revisão baratíssima, cambio automático que ajuda muito em engarrafamentos e NÃO ESQUENTA.

    Por isso que vendi as duas e migrei para a F 750gs, que, comparando com a Tiger, é mais baixa, fácil de manobrar, esquenta menos.

    Mas confesso que para o dia a dia, a scooter é imbatível.

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
Sobre o Forum
O forum foi criado em maio de 2012, e se chamava BMW F800GS após um encontro de em Monte Verde MG, o forum começou a se tornar popular.
Completando 01 ano de forum, o forum mudou de nome e se tornou o BMW GS BRASIL devido ao grande numero de usuarios com diversas motos BMW.
Hoje o forum BMW GS BRASIL é o maior forum de BMW do Brasil, temos mais de 4 milhões de acessos, e um conteúdo rico de muita informação!
Seja bem vindo!
Ajude
Ajude manter o forum, faça uma doação!